Vigilância Sanitária de Elói Mendes interdita duas clínicas para dependentes químicos

Uma fiscalização da Vigilância Sanitária de Elói Mendes, com apoio da Polícia Militar, interditou duas clínicas para tratamento de dependentes químicos na cidade.

Com base em denúncias de maus tratos aos pacientes, os fiscais prepararam a fiscalização em quatro estabelecimentos. Dois deles estavam com tudo regular e continuam funcionando, mas outros dois apresentaram problemas com documentação, falta de profissionais de saúde e até água imprópria para consumo.

Em uma das clínicas, o proprietário desapareceu e cinco internos foram encontrados sozinhos no local. A Vigilância Sanitária de Elói Mendes está entrando em contato com as famílias dos internos e eles serão levados de volta pra casa.

Repórter Estela Torres

Foto: divulgação

Compartilhar no:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *