Ministério da Saúde alerta para FAKE NEWS na campanha de vacinação contra o Sarampo

Que Fake News atrapalha a vida de quem recebe a notícia falsa todo mundo já sabe. Mas, quando o assunto é saúde a coisa fica ainda mais séria. Por isso, tome muito cuidado com as fontes das informações que chegam até você. Isso, porque no dia 10 de fevereiro terá início a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, que se destina a crianças e jovens de cinco a 19 anos de idade, e tem gente por aí querendo confundir a sua cabeça em relação a eficácia da vacina.

A especialista em Saúde do Núcleo de Doenças Respiratórias do Centro Estadual de Vigilância em Saúde, do Rio Grande do Sul, Juliana Patzer, explica como proceder em casos desse tipo.

“A vacina contra o sarampo é uma vacina muito segura, essa vacina só tem uma contraindicação mais formal, que é para gestante, fora isso é uma vacina segura. Então por favor gente, quem está recebendo fake news e pode estar recebendo alguma mensagem contraindicando essa vacina é importante que entre em contato com as autoridades sanitárias, com a vigilância de seus municípios e confirmem essa informação. Os profissionais dessas unidades estão capacitados para dar essas orientações em relação a importância da vacina e qualquer situação de contraindicação”.

A ação do Ministério da Saúde é sequência das outras duas campanhas do ano passado, que tiveram como foco as crianças acima dos seis meses a menores de cinco anos (em outubro) e adultos dos 20 aos 29 anos (em novembro). Vacinar contra o sarampo é importante para evitar complicações como cegueira e infecções generalizadas que podem levar a óbito. Procure uma unidade de saúde e leve a caderneta de vacinação. Atenção: quem já tomou as duas doses da vacina, não precisa se vacinar novamente. Movimento Vacina Brasil. Mais proteção para sua família. Acesse saude.gov.br/vacinabrasil e saiba mais.

Fonte: Governo Federal – Linha Direta Comunicação.

Compartilhar no:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *