Macaco encontrado morto em Varginha deixa comunidade em alerta

A comunidade rural do Salto, no município de Varginha, está recebendo a visita de técnicos da secretaria de saúde que orientam os moradores a respeito da importância da vacina contra a febre amarela. No ultimo sábado um macaco foi encontrado morto na comunidade, que fica perto da cidade universitária do Unis, as margens da rodovia Varginha-Elói Mendes. O corpo do macaco foi enviado para análise em Belo Horizonte para saber o que causou a morte. Este é o sexto macaco encontrado morto em Varginha este ano, mas os exames ainda não ficaram prontos. É importante lembrar que o macaco não transmite febre amarela, ele é um indicativo da circulação do vírus em uma região. É importante não atacá-los, e avisar os órgãos de saúde quando encontrar algum morto. Técnicos da vigilância ambiental estão percorrendo a comunidade do Salto procurando outros primatas mortos e focos dos mosquitos transmissores da febre amarela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *